A magistratura está no sangue

O desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz assumiu a presidência do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, corte responsável pelo julgamento das ações de segundo grau referentes à Operação Lava-Jato. Em entrevista à Revista Justiça e Cidadania ele fala sobre a repercussão destes julgamentos, mas também revela como conduzirá sua gestão no Tribunal, cujo principal objetivo é tornar ainda mais ágil os julgamentos de processos.

Confira no item Entrevistas do site da EMAM.